Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Notícias’ Category

Inaugurado Parque de Lazer para todas as idades em Borda do Campo

Parque_de_lazer_Borda_do_Campo
Foi com a degustação de um novo bolo confecionado com os sabores de Borda do Campo – o Mil-folhas de Arroz Doce, desenvolvido pelo jovem chefe pasteleiro Renato Grilo – que a população de Borda do Campo saudou a inauguração do seu novo Parque de Lazer, este domingo, dia 30 de setembro de 2018.
Aos equipamentos para exercício físico ao ar livre vieram, agora, juntar-se um parque infantil preparado para crianças de diferentes idades e ainda mesas, bancos e o mobiliário urbano de apoio a um parque de merendas que, no âmbito desta empreitada, teve ainda redesenhadas as suas vias, e pavimentada a área envolvente, dotada também de estacionamento.
«Os bordacampenses, e não só, podem desfrutar deste novo espaço tanto em família, como sozinhos ou com grupos de amigos», referiu o Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, João Ataíde, na inauguração, presenciada por dezenas de crianças e adultos.
«Este é um espaço de convívio para miúdos e graúdos; para crianças, jovens, adultos e idosos em simultâneo, que muito nos orgulha», disse, por seu turno, o presidente da Junta de Freguesia do Paião (JFP), Paulo Pinto.
Construído em terreno da JFP, pela empresa Alvape – Construções e Obras Públicas, Lda, a obra teve o custo de cerca de 76.819,08€+ IVA.


Fotos de vários autores.

.

Borda do Campo já tem Casa Mortuária

Alvaro_Pacheco_Inauguracao_Casa_Mortuaria_Borda_do_Campo_20180930
Borda do Campo, freguesia do Paião, concelho da Figueira da Foz, já tem a Casa Mortuária.
A conclusão da obra foi assinalada ao final deste domingo, 30 de setembro de 2018, numa cerimónia que começou com a bênção do novo equipamento pelo padre Álvaro Pacheco.
A concretização desta ambição antiga da população «mais do que o cumprimento de uma promessa, era um dever», frisou o presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, João Ataíde.
«Os autarcas têm a obrigação de, na definição das prioridades, dar primazia às políticas públicas que mais contribuem para o bem-estar das populações: cuidar das escolas, tratar das pavimentações e, também, assegurar condições de dignidade para os que partem e de conforto para os que ficam. É isso que esta casa mortuária, e outras que faziam falta em diversos pontos do Concelho que agora as possuem, vem garantir, graças a um esforço conjunto de várias entidades», acrescentou o edil.
O presidente da Junta de Freguesia do Paião, Paulo Pinto, saudou a criação de uma nova valência na freguesia, «inserida na nova centralidade de Borda do Campo», lembrando que a mesma só foi possível graças à conjugação de diversas boas-vontades, agradecendo a António Soares a aquiescência na venda do terreno, à Confraria do Santíssimo Sacramento o apoio para esta aquisição e à Câmara Municipal da Figueira da Foz por ter assumido os encargos da construção, na ordem dos 66.000€+IVA.
A implantação da casa mortuária situa-se a poente do cemitério de Borda do Campo, e o edifício desenvolve-se em piso térreo.


Fotos de vários autores.

.

Noticias retiradas do Site:
https://www.noticiasdecoimbra.pt/
Notícias de Coimbra Outubro 1, 2018

.

Jardim_Borda_do_Campo_Diario_As_Beiras_03_10_2018

Noticia retirada do Diário As Beiras de 03-10-2018

Anúncios

Read Full Post »

O Bordacampense Guilherme Pinto Gaspar passa a 1ª eliminatória num concurso de música em Lisboa.
Gui_em_Lisboa_Jornal_A_Voz_da_Figueira_de_20_04_2016_
Artigo do Jornal A Voz da Figueira de 20-04-2016

Read Full Post »

No próximo dia 30 de Outubro, pelas 21 horas, na Casa do Paço, o Presidente da Câmara Municipal, Dr. João Ataíde, irá levar a cabo um novo encontro com os Figueirenses no âmbito da iniciativa “Dias da Governação”.

Marcado para o dia em que se cumpre um ano de mandato, o encontro servirá para um esclarecimento sobre a situação da autarquia, as medidas levadas a cabo no primeiro ano de governação, a apresentação do projecto para a realização de um Plano Estratégico para a Figueira da Foz, bem como auscultar todos os presentes sobre as suas preocupações sobre o futuro do Concelho no período decisivo que atravessamos e os aspectos a melhorar no relacionamento entre a Câmara Municipal e os Figueirenses.

Horário:

21h00 – O Primeiro Ano de Governação: medidas levadas a cabo e situação actual da Câmara Municipal.

22h00 – Apresentação do projecto para a realização de um Plano Estratégico para a Figueira da Foz.

22h30 – Debate.

A presente iniciativa é levada a cabo no quadro de uma aproximação entre eleitos e eleitores e de uma maior participação dos cidadãos nos destinos da governação do nosso Concelho.

Neste sentido, convidam-se todos os Munícipes a estarem presentes e a participarem nesta reunião.

Comunicado – GAP – 20-09-2010

http://www.figueiradigital.com/cmff/

Read Full Post »


Manuel da Costa Cintrão, natural de Marinha das Ondas, concelho de Figueira da Foz, nasceu a 30 de Junho de 1948, apresentou o seu quarto livro, com o título “MUSGO E CALIÇA DA MEMÓRIA – CONTOS”, de 496 páginas, no dia 10 de Outubro (Domingo), pelas 16 horas, na Associação Cultural, Recreativa e Desportiva Marinhense, na Marinha das Ondas.

Autor dos livros:

Marinha das Ondas na História e na Lenda”, edição da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Cadernos Municipais” – 1988.

Marinha das Ondas – A Poesia e a Vida”, edição com os apoios da Câmara Municipal da Figueira da Foz e Soporcel, Sociedade Portuguesa de Papel, S.A.- 2000.

Águas Revoltas”, romance, Edição da Associação Cultural Recreativa e Desportiva Marinhense e Casa do Povo de Marinha das Ondas, 2000.

Novo livro: “Musgo e Caliça da Memória – Contos”

Clique para ler a Introdução o Prefácio e a Badana deste livro.

PREFÁCIO e INTRODUÇÃO.pdf

Escrito na badana do livro.pdf

A receita da venda dos livros será, integralmente, para a Junta de Freguesia de Marinha das Ondas que tão carenciada está, do ponto vista financeiro, pelas razões que são do domínio público. Aplicará a receita em melhoramentos e nos apoios ao Ensino Básico e Pré-Básico da Freguesia.

O livro que ajuda Marinha das Ondas

 (Diário As Beiras de 11-10-2010)

Podia ser apenas mais uma apresentação de um livro aquela que reuniu, ontem, dezenas de pessoas na Associação Cultural, Desportiva e Recreativa Marinhense, em Marinha das Ondas. Porém, à semelhança dos lançamentos das suas três anteriores obras, Manuel Cintrão conseguiu mobilizar a população do concelho em torno de uma boa causa.

As receitas das vendas de “Musgo e Caliça da Memória- Contos” revertem, na totalidade, para a junta. O autor, natural daquela freguesia do extremo sul do concelho, começou a escrever o livro há dois anos e meio, com o propósito dos anteriores: ajudar a colmatar as carências culturais e educativas de Marinha das Ondas. Com o patrocínio da Lusiaves o livro ganhou forma.

A realização pessoal é o único lucro que obtém. “Dá-me um grande prazer deixar estes livros aos meus conterrâneos”, disse ao DIÁRIO AS BEIRAS. “Musgo e Caliça da Memória- Contos” reúne histórias de pessoas que Manuel Cintrão conheceu e que já faleceram, assim como outras histórias que apenas ouviu, de pessoas com as quais nunca chegou a cruzar-se.

 

“Modos de vida”, como descreve, sempre transpostos para o papel com algum humor. As personagens estão ligadas à freguesia de onde é natural mas também a todo o concelho da Figueira e Pombal. “São vários contos sobre pessoas que marcaram gerações, a minha vida e a vida das pessoas que aqui vivem”, explica. Este, não esconde, é mais um livro que reflete o seu amor à região onde nasceu (atualmente reside em Lisboa) e que, de certa forma, imortaliza várias pessoas e as suas histórias.

A dinamização da vida cultural nas escolas é o destino do dinheiro angariado, segundo o presidente da Junta de Marinha das Ondas, Manuel Nada, com o intuito de “proporcionar mais conhecimento” às crianças do ensino pré-primário e básico. Para além de obras e várias melhorias que vão ser levadas a cabo nos estabelecimentos de ensino, diz.

O livro de Manuel Cintrão pode ser adquirido, por 15 euros, na junta e na livraria de Marinha das Ondas. Posteriormente, vai também estar disponível noutras juntas de freguesia e em algumas livrarias de todo o concelho.

 (Diário As Beiras de 11-10-2010)

Read Full Post »

Romano Mancini é administrador da Sear, uma das oito maiores empresas em Portugal de transformação de arroz, (sediada em Santiago do Cacém) e também um dos maiores defensores do arroz carolino.
Sem papas na língua, o empresário, que se encontrou com orizicultores do Baixo Mondego com vista a possível aquisição de arroz, não poupa críticas ao Estado e aos próprios produtores…
 

 Ver mais em:  http://www.diariocoimbra.pt/index.php option=com_content&task=view&id=8799&Itemid=135

 

Recordado entrevista ao Setúbal na Rede em 24-11-2003

“O produtor de arroz português pode desaparecer a qualquer momento”

   

Com cerca de vinte trabalhadores e uma venda de aproximadamente 20 mil toneladas de arroz por ano, a Sear é uma empresa de transformação de arroz sediada no concelho de Santiago do Cacém. Fundada pela Portugal Nacional e Colónias em 1954, a empresa viria passar para as mãos dos italianos do grupo Euricom em 1996, sendo que este grupo já estava a administrar a fábrica desde 1992. Actualmente a empresa tem 85% de capital italiano e 15% de capital português através da participação do Grupo Sonae.
  

Em entrevista ao “Setúbal na Rede” , Romano Mancini, administrador da Sear, desvenda os segredos da indústria do arroz …      http://www.setubalnarede.pt/content/index.php?action=articlesDetailFo&rec=532

Read Full Post »

 Carlos Laranjeira é um dos orizicultores do Baixo Mondego que, ao longo de 32 anos, abraçou o associativismo, a nível regional e nacional. Ao fim de 32 anos na Associação de Orizicultores Portugueses (AOP), 16 deles enquanto presidente, decidiu dar o lugar a outros. Embora preocupado com o futuro, acredita que a agricultura ainda tem futuro no Baixo Mondego e no país.

Artigo publicado em: http://www.asbeiras.pt/?p=4714

Clique AQUI para ver a entrevista completa

 

Recordando em 2008 a visita do ministro
No passado dia 8 de Setembro de 2008, a região do Baixo Mondego recebeu a visita do Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, Dr. Jaime Silva, acompanhado do Secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e das Florestas, Dr. Ascenso Simões.

Clique AQUI para ver mais:  http://www.drapc.min-agricultura.pt/base/documentos/bol_informativo_3_0908.pdf

Read Full Post »

 

Pouco depois das 16H30 de ontem, um veículo incendiou-se, junto ao Convento de Seiça, Paião. No local decorria a feira anual e a missa campal.

Segundo o DIÁRIO AS BEIRAS apurou, o veículo ligeiro estava estacionado e incendiou-se quando o condutor o colocou a trabalhar para iniciar marcha. O homem saiu ileso. Alguns elementos da GNR do Paião removeram de imediato uma outra viatura que se encontrava próxima da que estava em chamas. Pouco depois os Bombeiros Voluntários de Paião e da Figueira dominaram o incêndio.

Entretanto, quando um veículo dos Bombeiros Municipais se dirigia para o local, perdeu o controlo, já próximo do Convento de Seiça, causando danos em três viaturas que se encontravam estacionadas. Segundo fonte da corporação, o acidente deveu-se a uma avaria mecânica.

Reportagem diario ” Asbeiras ” 16-08-2010

Read Full Post »

Older Posts »